Manual AgriCULTURA ORGANICA. Português


Manual AgriCULTURA ORGANICA. Português

Version
Download 283
Total Views 731
Stock
File Size 7.76 MB
File Type pdf
Create Date 7 abril, 2016
Last Updated 21 abril, 2016
Descargar

Curso teórico-prático do ABC da AgriCultura Orgânica: Remineralização e Recuperação da Saúde dos Solos;
Microbiologia dos Solos e Técnica da Cromatografia de Pfeiffer

JAIRO RESTREPO RIVERA
Org. DALVA SOFIA SCHUCH
Atalanta - Santa Catarina - Brasil
2014

 

AgriCultura: decadência e ressurreição
“Todo o ato antropocêntrico que altere ou agrida qualquer sistema biológico é radical, por tanto,
todo esforço qualquer que seja para evitá-lo, sempre será legítimo”
A decadência foi feita realidade e concentrada principalmente nas políticas de manipulação e corrupção estatal, manuseio antiético da tecnologia por parte dos agro comerciantes e a cegueira cientifica de institutos nacionais e mal intencionadas instituições internacionais, fundamentadas na visão de um mundo mecanicista, estreito, linear e reduzido na forma de observar e determinar a destruição da vida de muitas espécies, inclusive sem levar a conhecê-las, torna necessária a mudança e a construção de um novo modelo.
Os burocratas e tecnocratas oficiais contemporâneos dos sistemas agroindustriais detentores do falso e duvidoso privilégio de ter o papel único e sem precedentes no desenvolvimento da agropecuária industrial, na conquista do “bem estar humano”, entretanto, os mesmos são aqueles que mais têm desenvolvido o poder corporativo e corrupto de cometer suicídio coletivo e destruir a vida na terra, a partir da invenção, produção, multiplicação e aplicação de tecnologias de origem bélica nos ecossistemas agropecuários.
Máquinas, venenos, explosivos, armas biológicas e agro combustível, sempre foram o denominador comum das guerras e não a criação de tecnologias para as comunidades camponesas rurais. Um exército servil de técnicos e agrônomos mobilizou-se para enganar os camponeses, criando necessidades não sentidas e desnecessárias, assim empobrecendo-os, em benefício das grandes transnacionais.
A vista desta grave situação é extremamente importante compreender as raízes da crise global em que encontramos o atual paradigma deformado da fracassada revolução verde, para desenvolver estratégias e ações efetivas para modificar ou reorientar a decadência da maioria dos atuais enfoques. Para superar a herança malévola da atual crise da agricultura química, industrial altamente solúvel, deve-se imprimir um novo paradigma, uma nova visão, um novo comportamento, pois é inconcebível uma solução radical e permanente, sem uma transformação interior do próprio ser humano.
A esperança está em cada SER com VALORES, não está na sociedade de uma indústria depredadora e falsa do FAZER, do TER e do PREÇO, também não está nos sistemas totalitários ou credos religiosos, nem nas cavernas universitárias ou centros de pesquisa onde se acomodam resultados ao melhor lance. Este novo SER com seus VALORES está no campo, com muita sabedoria e sabor re-existindo um novo grito de fé e esperança